sexta-feira, 2 de setembro de 2016

A Terceira Canção Que Ecoa Na Vastidão Das Formas


Photo by Wolfgang Prummer


O Elemento Primordial
Ressoa dentro das Vestes
Da Terra Nobre,
O Encanto
É Sobre
O Todo…

O Alimento está
Na mesa dos Deuses
E Anti-Deuses,
Na mesa dos Demônios
E Anti-Demônios,
O Banquete
Oferecido Ao Leque
Das Reais
Possibilidades…

Do Grande Leito
Da Serpente
Começa a jorrar
O Sangue
Do Grande Dragão
Sacrificado
Ao Bailar Da Música
Do Impermanente…

A Cantora Serpenteia,
Bebendo Do Sangue
Do Dragão.

A Cantora Serpenteia,
Bebendo De Todo
Outro Sangue.

A Cantora Serpenteia,
Bebendo Dos Mistérios
Não-Formados.

A Cantora Serpenteia,
Bebendo Dos Cânticos
Anteriores…

E,
Ao urinar,
Concede aos apreciadores
De Sua Urina
As Verdadeiras Notas
Da Canção
Que Três Vezes
Dá A Morte
E A Vida!

O que é
Três Vezes
A Morte?

O que é
Três Vezes
A Vida?

A Resposta
Está na Voz
Da Primeira
Cantora!

A Resposta
É A Voz
Da Primeira
Cantora!

A Resposta
É
A Primeira
Cantora!

A Primeira
Que Moveu
Uma Revolta
Contra
A Eterna
Tirania!

A Primeira
Que Cantou
Sobre Uma
Segunda Revolta
Contra
A Eterna
Tirania!

A Primeira
Que Canta
Três Vezes
Eternas
Sobre A Rebelião
De Sitra Ahra
Contra
A Eterna
Tirania!

A
Primeira
Que
Três
Vezes
Infindas
Nega
A
Submissão
Aos
Valores
Daqueles
Que
Tiranizam
A
Matéria
A
Favor
Do
Cósmico
Tirano
Que
Pensa
Ser
O
Único
Que
Sabe
Cantar
!!!

Inominável Ser
CANTANDO
A TERCEIRA CANÇÃO
DE LILITH




quarta-feira, 24 de agosto de 2016

A Segunda Canção Que Ecoa Na Vastidão Das Formas


Photo by Wolfgang Prummer


É alegre a passagem,
Entre as Sombras
Da Terra Selvagem,
Das Legiões Glorificantes
Das Glórias Carnais.


Todas entoam
Uma Canção
Glorificada.


Todas entoam
Uma Canção
Glorificadora.


Todas entoam
A Canção
Glorificante
Do Sentido
E Do Não-Sentido
Carnais.


E assentada
Sobre um Trono
De sangue
E de ossos
Em decomposição,
Está A Primeira
Cantora…


E sentada
Sobre um Cadáver
Cujo Nome
É Deus Único,
Está A Primeira
Cantora…


E deitada
Sobre corpos
Ardendo nas chamas
Das devassidões
E luxúrias,
Está A Primeira
Cantora…


A marcha
Das Legiões
Levanta orgias
Que fazem parte
Da Grande Orgia
Opositora!


A marca
Das Legiões
Elege campeões
Que pelas Terras
Enaltecem
O Grande Orgasmo
Opositor!


A Matriarca
Das Legiões
Canta
Altíssimo
Sobre
O Grande Gozo
Opositor!


E Cantando
Ela Goza!


E Cantando
Ela Goza!


E Cantando
Ela Goza!


E CANTANDO
ELA GOZA!!!


E CANTANDO
ELA GOZA!!!


E CANTANDO
ELA GOZA!!!


Seus Seios
Fazem Jorrar
O Sangue
Opositor
Primeiro
Sobre Os Lábios
De Seus
Ouvintes!


Sua Boca
Cospe Sangue
Nas Bocas
De Seus
Ouvintes!


Sua Buceta
Goza Sangue
Por Cima
Dos Veículos
Visíveis
E Invisíveis
De Seus
Ouvintes!


Seu Cu
Caga Sangue
Nas Almas
Eternas
De Seus
Ouvintes!


E
Em
Equilíbrio
Realiza
A
Grande
Obra
Opositora
De
Toda
Excrescência
Contra
A
Escravidão
Proporcionada
Pelo
Movimento
Daquele
Que
Se
Considera
O
Único
Soberano
Desta
Criação


Inominável Ser
CANTANDO
A SEGUNDA CANÇÃO
DE LILITH




terça-feira, 23 de agosto de 2016

A Primeira Cancão Que Ecoa Na Vastidão Das Formas


Nude Stone - Wolfgang Prummer


A Terra Desolada
traz uma Canção
entoada outrora
entre os campos
mais verdejantes
de férteis
auroras.

Eu ouço
essa Canção
como o gemido
das Eras.

Eu toco
nessa Canção
como eremita
sem terras.

Eu sinto
essa Canção
como a primeira
das Esferas…

Canção
que moveu
os primeiros quadris
no primeiro leito
das Terras.

Canção
que seduziu
os primeiros membros
unidos no frenesi
do Primeiro Orgasmo.

Canção
que conduziu
o primeiro gozo
a preencher
o primeiro útero…

E A Primeira
Cantora
Da Carnal
Febre
É Uma Eterna
Serpente
De Outras Terras.

A Primeira Cantora
É A Serpente
Que Sabe Carregar
Todos Os Gozos
De Todos Os Leitos
E O Explodir
De Todos Os Quadris
Entre As Pernas.

Primeira Cantora
Sibilante
Entre Vossas Pernas,
Mortais.

Primeira Cantora
Sibilante
Em Vossos Quadris,
Mortais.

Primeira Cantora
Sibilante
Em Vossos Leitos,
Mortais.

Primeira Cantora
Sibilante
Em Vossos Gozos,
Mortais.

A Primeira Cantora,
A Selvagem,
A Bárbara,
A Inconquistável,
A Insubmissa,
A Vencedora,
A Opositora
Mais Sibilante
Entoando
A Primeira Canção
Mais Luxuriante!

Cancão
Tocada
Eternamente
Nas
Obras
Da
Eterna
Luxúria
Dela
Por
Todas
As
Terras

Inominável Ser
CANTANDO
A PRIMEIRA CANCÃO
DE LILITH